NO AR
AGORA




  • 11/04/17 | 10:09:53
  • A PEDRA JÁ ESTÁ REMOVIDA
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto

Durante uma guerra da Coréia, dois prisioneiros foram algemados juntos. Um era devoto seguidor de Buda; outro um fiel cristão. Embora o regulamento proibisse a conversa, o jovem cristão falava ao companheiro do sofrimento do seu Salvador e de sua ressurreição. O budista prestava atenção. Nunca ouvira a história de Cristo, repassada com tanto amor!

- "Meu amigo", disse o budista, "tenho sido fiel seguidor de Buda, há muitos anos. Ele foi um grande homem e um grande mestre. Mas está morto. Duvido que um homem morto, por melhor que tenha sido, possa me ajudar ou salvar-me. O salvador a respeito do qual me tem falado, morreu mas ressuscitou. Ele é um salvador vivo. Quero também que ele seja o meu Salvador, pois careço de um Salvador Vivo". (Autor desconhecido)

Sim amados em Cristo, temos um Salvador vivo. Isso foi revelado pelo jovem no túmulo de Jesus, visto pelas mulheres na manhã da Pascoa e ordenado a anunciar a todos. A pedra removida do túmulo é prova clara de que Cristo vive.

Visitar o túmulo de alguém pode ser doloroso. Naquela madrugada aquelas mulheres (Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e Salomé) deram provas claras disto. No caminhar até a sepultura algo lhes inquieta: "Quem nos moverá a pedra na entrada do túmulo?". Essa pedra pesava cerca de 300 kg e era-lhes muito pesada. No entanto, uma pedra maior ainda estava nos seus corações - falta de confiança em Jesus e sua ressurreição, como ele prometera.

Assim, decepcionadas, tristes, com pesar e incredulidade, chegam ao túmulo e notam que a pedra estava revolvida. E, entrando no túmulo, se depararam com um jovem assentado, vestido de branco. Esse ser angelical nota a surpresa e o temor das mulheres e logo as conforta dizendo: “não vos atemorizeis - ele ressuscitou! Não está mais aqui."

A pedra já está removida. Deus a removeu. Isso que foi visto pelas mulheres, agora nos é revelado por Deus por intermédio deste evangelho da Páscoa. Com a remoção da pedra-a ressurreição de Cristo - também Deus quer transformar a nós. Você e eu tínhamos uma pedra pesada em nossas vidas. Estávamos separados de Deus por algo que não tínhamos condições de remover com as nossas próprias forças: o pecado, a morte e a eterna condenação. Todo esforço próprio para remover, empurrar ou puxar a pedra era em vão. Nossos pecados eram grandes e pesados demais. Mesmo tentando ignorá-los, eles estavam à nossa frente nos condenando e impedindo de ver um Cristo ressuscitado. Mas o milagre, o poder transformador de Deus também nos atingiu como àquelas mulheres. A voz consoladora do Cristo vivo nos diz: "Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei ". Cristo, com sua morte e ressurreição nos remove, alivia essas "pedras-pecado, que nos levariam à morte e condenação eterna".

Que consolo: não precisamos procurar um Jesus morto - preso com uma pedra num túmulo, pois a pedra já está removida - temos um salvador vivo - um Cristo ressuscitado. Vivendo esta mensagem e deixando Cristo remover nossas pedras-pecado, teremos realmente uma FELIZ E ABENÇOADA PÁSCOA!!!. Amém.