NO AR
AGORA




Polícia 01/12/17 | 16:04:29
Fonte/Autor: Postado por Ramon Gabriel - Foto: Grupo Notícias SC
diminuir o tamanho do texto aumentar o tamanho do texto
  • Homem que apropelou várias pessoas em Lages vem á óbito
  • Cena foi de terrorismo, o que inclusive tem sido apontado nas redes sociais

No final da tarde de hoje, 01, o autor do acidente veio a óbito depois de ser atingido por disparo de arma de fogo pela policia após ameaças e bastante agressivo atacar a policia.

Segundo a nota da polícia o motorista desembarcou do veículo e seguiu correndo até próximo à rua Correia Pinto, onde foi abordado por dois policiais militares. Ao receber a voz de parada, o motorista seguiu na direção dos policiais com uma faca.

Neste momento, para conter o autor e cessar as agressões, inclusive para manter sua própria integridade física, o policial precisou realizar um disparo de arma de fogo. Giovani foi atingido na região abdominal, caiu, foi imobilizado, socorrido e encaminhado para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Giovanni não tinha antecedentes criminais e morreu no hospital.

Caso

Um carro invadiu o calçadão Túlio Fiúza de Carvalho, no Centro de Lages, na Serra catarinense, na tarde desta sexta-feira (1º). Conforme a Polícia Militar, há registro de feridos e o motorista foi preso, após tentar fugir.

O caso foi registrado às 14h, conforme a Central de Emergências da Polícia Militar de Lages. Até as 14h40, guarnições da PM estavam no local e não havia informações da gravidade dos feridos.

Conforme a Polícia Civil, até as 15h o atropelador não havia chegado à Central de Plantão Policial. Ele estaria ferido e foi levado para o hospital. Um policial militar também ficou ferido na ocorrência. A Polícia Civil não soube precisar quantas pessoas foram atingidas pelo veículo.

O Hospital Nossa Senhora dos Prazeres confirmou que está recebendo as vítimas do atropelamento, mas não informou quantos e a gravidade dos pacientes.

As informações que circulam nas redes sociais é de que pelo menos duas vítimas estariam em estado grave. Não há informação de óbitos. 

Com informações do G1 SC